Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles -
Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa

 Gaita-de-fole   |   Sócios   |   Actividades |   Notícias   |   Escola de Gaitas   |   Comprar   |   Orquestra de F.Documentos | Links | Contactos

« Principal « Notícias
.

 

Imprensa
Consulte notícias sobre a gaita-de-foles, em várias publicações periódicas
Espaco.jpg (632 bytes)

Arquivo
Arquivo de Notícias, desde 2001 »

Espaco.jpg (632 bytes)
Espaco.jpg (632 bytes)
Espaco.jpg (632 bytes)

Notícias
Arquivo de 2006

Um Mundo de Gaitas no Museu Nacional de Arqueologia

O Museu Nacional de Arqueologia acolhe a partir de Dezembro de 2006, a exposição "Um Mundo de Gaitas", da Associação Gaita-de-foles. A exposição dá a conhecer vários exemplares de gaitas-de-fole de todo o Mundo, demonstrando a sua grande diversidade de formatos, materiais e tecnologias, nos muitos contextos culturais onde este instrumento tem presença. Desde a Gaita-de-fole de Trás-os-Montes, à Gaida da Bulgária, ou a Great Highland Bagpipe escocesa, passando pela Mezoued da Tunísia à Säckpipa sueca.
Uma oportunidade para, neste Natal, levar a família e amigos a descobrirem o Mundo da Gaita-de-fole...
Mais informações »


Lopes-Graça no Museu da Música Portuguesa
No dia 16 de Dezembro terá lugar, no Museu da Música Portuguesa (Casa Verdades de Faria, Cascais), um programa comemorativo do centenário do nascimento de Fernando Lopes-Graça.
Esta comemoração contará com a abertura da exposição “Retratos de um compositor”, seguida de uma conferência com a presença da Profª Doutora Teresa Cascudo e leitura de poemas pelo actor João Vasco. Depois será a vez de um concerto de solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, com obras de compositores como Taffanel, Hindemith e Lopes-Graça.
Trata-se de uma das muitas comemorações que têm pontuado este ano em que se celebra o centenário do nascimento deste grande compositor, cuja obra é caracterizada por uma oportuna combinação entre a erudição musical e as práticas musicais populares.

La Bazanca em digressão

Durante o presente mês de Dezembro, os La Bazanca divulgam o seu novo trabalho intitulado "Entre Nochebuena y Reyes". Esta digressão vai passar por países como Portugal – onde a banda deu um concerto no passado dia 9, mais precisamente em Alijó -, Espanha e Marrocos.
Como o próprio título indica, o novo disco dos La Bazanca é constituído por canções tradicionais de Natal e de Reis de origem ibérica e sefardita tocadas com instrumentos herdados da tradição musical ibérica. Segundo a apresentação que consta do disco, o objectivo deste trabalho é contrariar o consumismo que cada vez mais caracteriza esta quadra festiva através da reaproximação aos costumes autóctones.
Os La Bazanca existem desde 1980. As várias formações pelas quais o grupo passou entretanto reflectem-se nas várias influências musicais que caracterizam a sua sonoridade. Actualmente, o grupo é constituído po Paco Díez (voz, guitarra, sanfona, gaita de Zamora e percussões), Ramiro González (sanfona, alaúde, voz e percussões) e Manuel Garcia Reategui (guitarra, baixo acústico, zampognas, voz e percussões).

Orgulho Gaiteiro
Durante os dias 15 e 16 de Dezembro vai decorrer, em Ourense – Galiza -, a III Edição do "Dia do Orgulho Gaiteiro".
Trata-se da celebração da chegada do gaiteiro Gomes Mouro a Ourense. Segundo um documento encontrado pelo escritor e historiador Xesús Ferro Couselo e que se supõe ser o primeiro registo escrito da presença de um gaiteiro em Ourense, este acontecimento deu-se no dia 17 de Dezembro de 1458. Esta festa organizada pela Aula de Música Tradicional Gomes Mouro vem já sendo celebrada há muito tempo de modo informal. Entretanto, em 2004, esta festa foi formalizada. Para além de várias actividades e concertos, uma das características das duas primeiras edições é a entrega de prémios a pessoas cujo contributo para o mundo da gaita na Galiza tenha sido importante. Tais são os casos de D. Francisco Villarino Ojea (Escornabois), galardoado em 2004, e do grupo de Gaiteiros de Vilar, premiados em 2005.
Relativamente à edição deste ano, prevê-se a entrega de dois prémios, sendo os premiados D. Faustino Santalices e Emilio Españadero. Para além destes, a festa contará com a presença dos Seivane e dos "Anacos de Buxo". Entretanto, será brevemente divulgado um programa com informação mais detalhada sobre este evento. Para participar, as reservas devem ser feitas em orgullogaiteiro@ya.com (indicar nome, telefone e BI) ou através dos números (+0034) 606777718 ou 609022512.

Pauliteiros no ISCTE
No dia 7 de Dezembro teve lugar, no ISCTE, uma aula do mestrado de Patrimonialização intitulada “Nós somos guerreiros e falamos mirandês – a reconstrução dos pauliteiros de Miranda” leccionada por Barbara Alge. Barbara Alge é mestre de musicologia pela Universidade de Viena (Áustria) e a sua Tese de Mestrado intitula-se "Continuidade e mudança na tradição dos pauliteiros de Miranda". Actualmente é doutoranda de etnomusicologia na Universidade de Viena e na Universidade Nova de Lisboa.

Percussões internacionais
Nos dias 16 e 17 de Dezembro vai decorrer, em Mindelo – Vila do Conde -, um encontro entre os grupos de percussão Tocándar (Portugal) e Percutir (Brasil). O encontro entre estes dois grupos insere-se numa prática regular. Os objectivos são o intercâmbio entre os membros dos dois grupos tanto a nível pessoal como a nível de troca de conhecimentos sobre a percussão tradicional dos dois países, assim como de experiências e metodologias de trabalho. Outro objectivo é criar ambientes sonoros que envolvam as duas culturas.

Sopros em Viseu
No próximo dia 20 de Dezembro decorrerá, pelas 21h, no Teatro Viriato (Viseu), o Concerto final integrado do II Estágio de Orquestra de Sopros Piaget. Este estágio insere-se no âmbito da Licenciatura em Música do I.S.E.I.T. (Instituto Piaget) e pretende dar continuidade ao projecto iniciado em 2005. O objectivo é promover um investimento aplicado ao ensino das artes no Instituto Piaget através do aperfeiçoamento técnico e artístico na área dos instrumentos de sopro.


Uxukalhus & No Mazurka Band

Depois do recente lançamento do seu CD, "A Revolta dos Badalos", os Chocalhos (Uxukalhus) apresentam-se num baile, no dia 9 de Dezembro, Sábado, na Xuventude de Galiza, (Rua Júlio de Andrade, nº3, em Lisboa).
O baile terá inicio às 22 horas, com os No Mazurka Band, um projecto dedicado a música portuguesa para baile, e que tem entre os seus instrumentos a gaita galega, a gaita transmontana, a flauta de tamborileiro
e a sanfona. A entrada é de quatro euros.

Palheta Bendita 2006
A Associação Cultural Tirsense organiza no próximo dia 16 de Dezembro, em Santo Tirso, a segunda edição do Palheta Bendita. Este ano será dada uma atenção particular à construção de palhetas para gaita-de-fole, à percussão tradicional do Minho e Trás-os-Montes e claro, ao convívio de gaiteiros e percussionistas. Das actividades constam uma oficina com Patrícia Cela, mestre palheteira galega ("Xistra de Corucho"), oficinas de percussão do Minho e Trás-os-Montes com Manuel Lima do Grupo Zés-Pereiras “Os Divertidos”, Tiago Soares dos "Toque de Caixa" e Alexandre Meirinhos dos "Galandum Galundaina". A par das oficinas decorrerá uma exposição; “Zés-Pereiras no Entre Douro e Minho” onde são dadas a conhecer representações iconográficas do passado assim como as diversas práticas culturais destes conjuntos. À noite o evento encerrará com um jantar convívio entre todos os participantes e posteriormente haverá um serão gaiteiro aberto a todos os que queiram associar-se à festa. A inscrição, até 11 de Dezembro, tem o valor de 12.5€. E-mail: inscricoes@palhetabendita.com - Tel: 917883031 ou 962568471. Organização: Associação Cultural Tirsense / Gaiteiros da Ponte Velha. Esta iniciativa é apoiada pela Associação Amigos do Sanguinhedo, Gaiteirus.com e Associação Gaita-de-foles. Mais informações »

Cobras no CCB
"Cobras e Son" é um grupo de música antiga sedeado em Salamanca (Espanha), composto por músicos oriundos de várias partes do mundo, entre eles, um português. A sua atenção centra-se especialmente na música tocada na península ibérica antes da perseguição e expulsão das comunidades judias e muçulmanas do território da Península. Este grupo apresentar-se-á pela primeira vez em Lisboa, na segunda-feira, dia 6 de Novembro, às 19 horas, no pequeno auditório do Centro Cultural de Belém.
O seu repertório é composto por música e poesia de três povos que durante tantos séculos partilharam o espaço peninsular: cristãos, judeus e muçulmanos. É também dada uma atenção particular a alguma música tradicional de Portugal e Espanha, que preserva vestígios e influências da música dessas três culturas medievais. O repertório do grupo inclui as Cantigas de Santa Maria (medieval galaico-português), Romances e canções Sefarditas, Moaxahas e outras peças da tradição Árabe-Andalusa e ainda Cantigas de Amigo do autor galaico-português Martim Codax e repertório das Adufeiras de Monsanto.
A expressão Galaico-portuguesa 'Cobras e Son' era utilizada por Afonso X, o Sábio, para designar a poesia e música das suas Cantigas de Santa Maria (cobras = versos; son = música). Voz: Lucía Vázquez - Rabel: Carolina Casaseca - 'Oud: Pedro Ospina - Percussões: Pedro Gomez - Flautas, harpa e direcção: César Viana.

Tocadores Portugal - Brasil: lançamento
O projecto Tocadores é uma iniciativa de documentação e divulgação de tradições musicais populares que surgiu em 1998. Desde então, alcançou resultados como a publicação de um livro, a realização de dois documentários e uma exposição de fotos sobre artistas populares do Brasil.
O primeiro resultado desta nova etapa chega ao público com o livro "Tocadores Portugal – Brasil: sons em movimento", de Lia Marchi e Zig Koch. Esta publicação de 128 páginas e 180 imagens apresenta algumas das relações entre a música tradicional dos dois países. A autora convida o leitor a conhecer aspectos da cultura portuguesa que foram trazidos para o Brasil, como instrumentos musicais e festas populares. O lançamento do livro está previsto para o dia 18 de Outubro, no auditório da FCSH - Universidade Nova de Lisboa, a partir das 18:00 horas e em Évora, no dia 20 de Outubro, no Espaço Celeiros, a partir das 22:30 horas.
Mais informações »


Exposição "Zés-P`reiras no Entre Douro e Minho"

Integrada na Semana da Música da Câmara Municipal da Trofa será inaugurada no próximo Domingo, dia 1 de Outubro às 18:00h, a exposição da Associação Gaita-de-Foles: “Zés-P`reiras no Entre Douro e Minho”, na Casa da Cultura da Trofa. Esta exposição descreve pormenorizadamente o fenómeno dos zés-p`reiras na região e revela-nos um conjunto iconográfico reunido por vários amantes da gaita-de-fole. A exposição estará patente até dia 24 de Outubro. Para mais informações, contactar a Casa da Cultura da Trofa através do telefone 252400090.

Pandeiros com pipo?
O pandeiro sempre foi muito usado em Trás-os-Montes, principalmente na Terra de Miranda para o acompanhamento vocal. Em Miranda, o pandeiro adquiriu várias formas, como o atesta o livro “Instrumentos Musicais Populares Portugueses”, de Ernesto Veiga de Oliveira.
O pandeiro pneumático é uma criação de Paulo Meirinhos (Galandum Galundaina), para contornar um problema que surge nos instrumentos de peles naturais em dias frios ou em zonas com muita humidade relativa. Este dispositivo, constituído por uma câmara-de-ar, permite esticar a pele do instrumento e inclusive afiná-lo, uma vez que o enchimento do rebordo com ar provoca uma tensão uniforme em redor das duas peles.
Mais informações »

Galiza: XVIII Homenagem ao Gaiteiro
Como todos os anos, a associação A Buxaina vai realizar a Homenagem ao Gaiteiro, em Vigo (Galiza), pela 18ª vez.
Nesta edição os convidados são o artesão e músico Xabier Blanco, os Vai de Roda e os inefáveis Os Carunchos.
O evento terá lugar no Centro Cultural Caixanova, Sábado, 18 de Novembro, às 19:30h (hora espanhola).
A entrada é livre e os convites podem ser levantados no Centro Cultural de Coruxo, ou em a_buxaina@yahoo.es. Cartaz do evento.

Sackpfeifen in Schwaben: Gaitas na Suábia
Em Balingen, Alemanha, decorrerá o Festival Internacional de Gaitas-de-fole (Das Internationale Dudelsackfestival), de 12 a 16 de Outubro. São muitos os países representados: Alemanha (Baviera e Suábia), Bélgica, Bulgária, França (Bretanha e Languedoc), Espanha (Galiza e Maiorca), Geórgia, Grécia, Itália, Irlanda, Croácia, Letónia, Portugal, Sardenha (Itália), Escócia, Suíça, República Checa e Hungria. Portugal marcará a sua presença, através do concerto do grupo Galandum Galundaina (que comemora 10 anos de carreira em 2006). Programa completo do festival (em alemão).

Chuchurumel apresenta "Tapete Voador"
Os Chuchurumel apresentam o seu novo trabalho, "Tapete Voador", em Lisboa, no Santiago Alquimista, no dia 15 de Outubro, pelas 22 horas.
Chuchurumel é um projecto de música tradicional portuguesa atento a outras linguagens e aos resultados que desse cruzamento podem surgir. No "Tapete Voador", César Prata e Julieta Silva cruzam a tradição musical popular portuguesa com o processamento digital do som, com programações e com a música electrónica. Voam todos juntos, dando assim origem a um projecto musical ímpar no panorama da música portuguesa.

Galandum Galundaina: 10 anos
O grupo Galandum Galundaina comemora 10 anos de existência.
Para comemorar em grande estes 10 anos, o grupo decidiu gravar um concerto ao vivo em DVD (vídeo digital). Pretende englobar no seu espectáculo os temas que melhor caracterizam o seu reportório, entrelaçados com mosaicos do panorama cultural do nordeste trasmontano, como os pauliteiros de Miranda, entre outros. Para que o espectáculo fique completo não pode deixar de contar com a presença dos seus admiradores que, a partir desta hora, estão convidados a comparecer, gratuitamente, no dia 4 de Outubro no Teatro Municipal de Bragança, pelas 21:30h.
Ao longo destes anos, o grupo tem sabido marcar um espaço muito próprio no panorama musical português. Para além de uma formação, é um projecto no qual convergem vários factores para, por um lado, entender a música no seu meio envolvente e dar consistência a um género que esteve eclipsado por condicionalismos sociais, políticos e até culturais e, por outro, formular uma via alternativa e credível no mundo da música e, se quisermos, nas “músicas do mundo”. Os objectivos, traçados desde o princípio, têm sido atingidos e os discos editados têm merecido as melhores críticas da especialidade no contexto nacional e internacional.

Escola de Gaitas: novo ano lectivo

A Escola de Gaitas da Associação Gaita de Foles abriu as pré-inscrições para os cursos de Iniciação à Gaita-de-fole de 2006/2007, em Santos, Lisboa.
O formulário de pré-inscrição e todas as informações sobre o curso estão disponíveis no site em
www.gaitadefoles.net/escola/
O curso de iniciação, com a duração de um ano lectivo, inclui noções teóricas e práticas de afinação, solfejo, técnicas de execução e conceitos fundamentais da História do instrumento.
Os alunos inscritos recebem um manual, uma flauta de prática, CD's de audição e, para quem não tem instrumento, gaitas-de-fole para alugar ao longo do ano, por apenas 5 euros por mês. As aulas têm a duração de uma hora e meia, duas vezes por semana, às segundas e quartas. Consulte todas as informações sobre o calendário, preços, horários, objectivos, plano de estudos e materiais e faça também a sua pré-inscrição on-line,
aqui »
Associação Gaita-de-foles -
Auditório do Grupo Cultural dos Trabalhadores do BES, Rua D. Luís I, n.º 27, Lisboa. Tel: 931 196 995.

Aulas de Gaita-de-Foles em Santo Tirso
Numa iniciativa conjunta entre a Associação Cultural Tirsense e a Associação dos Amigos do Sanguinhedo, a partir da próxima sexta-feira dia 6 de Outubro, terão início em Santo Tirso aulas de gaita-de-foles leccionadas por Ricardo Coelho. Estas aulas darão especial atenção ao repertório minhoto, transmontano e medieval, entre outros. As aulas serão semanais e terão lugar todas as sextas entre as 19 e as 22h.
A mensalidade terá um custo de €27.50. Para mais informações, contactar os telefones 919961958 e 917883031.
Esta iniciativa conta com o apoio da Associação Gaita-de-foles e da página gaiteirus.com.

Xuventude de Galiza: aulas de Gaita-de-fole
A Xuventude de Galiza - Centro Galego de Lisboa abriu as inscrições para as aulas de gaita-de-fole. As aulas, ministradas por Gonçalo Marques, decorrem às quintas-feiras, uma vez por semana, entre as 18:30h e as 20:00h. Xuventude de Galiza: Rua Júlio de Andrade nº 3, Lisboa. Tel.: 218853680.

Aulas de Gaita de Foles em Alcochete
A associação Gil Teatro abriu as inscrições para as aulas de gaita-de-foles em Alcochete. Estas aulas serão às segundas-feiras, das 21h30m às 23 horas, com o professor Gonçalo do Carmo. O preço é de 10 euros de inscrição e 25 euros de mensalidade. São disponibilizadas gaitas-de-foles a quem não tem, durante as aulas, bem como uma flauta e um manual. Mais informações: Carlos Soares 936573018 / Sara Morgado 965603015. Esta iniciativa conta com o apoio da Associação Gaita-de-foles.

Henrique Fernandes hospitalizado
O gaiteiro Henrique Fernandes, neto do conhecido gaiteiro transmontano António Augusto Fernandes e fundador do grupo Lenga-Lenga de Sendim, foi vítima de um infeliz acidente que o deixou com queimaduras de 2º grau que lhe cobriram 42% do corpo, após uma actuação com o seu Grupo de Pauliteiros na zona de Coimbra. Felizmente, após um diagnóstico que parecia preocupante, verificou-se que a gravidade das queimaduras não foi muito profunda e os seus efeitos não deixarão marcas físicas. Henrique Fernandes encontra-se agora em franca recuperação no Hospital Militar do Porto.
A Associação Gaita-de-foles gostaria de expressar a sua solidariedade para com o Gaiteiro, desejando a sua total recuperação, com votos de rápidas melhoras, para que as suas "gaitadas" voltem a ecoar em breve pelo planalto transmontano.

Sons e Ruralidades no Vimioso
Entre os dias 28 e 30 de Julho irá decorrer no Vimioso o festival Sons e Ruralidades, que através da expressão artística da música tradicional pretende atingir a fusão entre a Natureza e a Ruralidade. Entre várias actividades, salienta-se a realização de oficinas de construção de instrumentos tradicionais, oficinas de danças tradicionais e de “lhaços” de pauliteiros, bem como palestras sobre etnografia e antropologia (a cargo de Ricardo Santos e Domingos Morais), relacionadas com a música tradicional.
O Festival abrirá com a inauguração da exposição “Um Mundo de Gaitas” da responsabilidade da Associação Gaita-de-foles e o lançamento de CD “Bi Benir la Gaita”, de recolhas tradicionais.
Para ajudar à festa estão previstos concertos com os grupos Cibo Mosari, Dazkarieh (Portugal), Dites 34 (França) e Roncos do Diabo (Portugal).
A autoria do projecto pertence às Associações ALDEIA e AEPGA Para mais informações: www.aepga.pt / www.aldeia.org

Andanças 2006 - 31 de Julho a 6 de Agosto
Como todos os anos, o Festival Andanças, em Carvalhais, São Pedro do Sul, não pára de crescer. Na edição deste ano estarão presentes nada menos que 55 grupos, para uma semana inteira de concertos e bailes. Serão 37 grupos nacionais e 18 grupos estrangeiros, provenientes de 12 países. A filosofia do Andanças continua a mantê-lo como um festival original, privilegiando a interacção entre músicos e público (através da dança e não só), em vez da simples assistência passiva do formato "concerto". Uma oferta notória de diversidade de géneros musicais (sobretudo da chamada "trad/folk/world music") e o cruzamento de tradições e experiências é complementada com as oficinas de dança e as muitas actividades paralelas que acontecem durante o dia e à noite. O ponto alto, para muitos, continua a ser a possibilidade de interacção entre músicos provenientes das mais variadas formações, que se juntam em animadas "jam sessions" durante todo o dia - muitos dos novos grupos musicais que surgiram nos últimos anos tiveram a sua origem no Andanças. O festival Andanças é organizado pela Associação Pédexumbo.

Grupos portugueses: Alafum; EGG; Diabo A Sete; Pé Na Terra; Mu; Uma Coisa Em Forma De Assim!; Cravo & Ferradura; Accordionazz; Kump'nia Al-Gazarra; Lumen; Karité Bum; Uxu Kalhus; Olive Tree; Dazkarieh; Roncos Do Diabo; Fol&ar; Rembimbobalho; Toques Do Caramulo; Zigaia; Tchakare Kanyembe; Trad & Varius; Djamboonda; Audible Architeture; Sebastião Nunes Quarteto; Nação Vira Lata; Alfa Arroba; No Mazurka Band; All Wind And Piss; Pula-lhe O Pé; Joana Melo Group; Monte Lunai; Teresa Gabriel; Cello Players; Pedro Mestre; Dancing Strings; João Gentil Trio.
Grupos estrangeiros:
País Basco: Akiakule Folk Vasco; - França: Place Des Miracles, ZEF; Parasol; Dites 34; Violon & Tallon; Minuit Guibolles; - Alemanha: Bruno et Maria; Polónia: Kapela z Milanówka; - Espanha: La Font De La Carota; - Bélgica: EmBRUN; Naragonia; - Estónia: Viis; - Irlanda: Paddy B & Certicle Express; - Inglaterra: Quartet; - Itália: Abnoba; Cantina Sociale - Marrocos: Aubergue Du Sud; (a confirmar).

7º Festival Intercéltico de Sendim
Em Sendim, no Planalto Mirandês, realiza-se pela sétima vez o Festival Intercéltico de Sendim, de 3 a 6 de Agosto.
Para a edição de 2006, a programação surge com uma novidade; desta vez, o festival começa em Espanha, na localidade de Fermoselle, fazendo uma homenagem às relações transfronteiriças que sempre marcam a cultura dos povos da Raia - de que Miranda do Douro é um bom exemplo. No cartaz deste ano o prato forte são os grupos musicais provenientes de Espanha e da Irlanda: Tamborileiros de Fermoselle (Sayago); DRD (Astúrias); Célio Pires (Miranda, Portugal); Hexacorde (Castela-Leão); Lunasa (Irlanda); Mielotxin (Navarra); Berroguetto (Galiza) e Hevia (Astúrias). Mais informação »





L' Burro i L' Gueiteiro - IV edição

De 31 de Julho a 4 de Agosto, em Miranda do Douro, realiza-se a 4ª edição do L' Burro i L' Gueiteiro. Este passeio desenrola-se ao longo de um cenário de cerca de 20 km, onde os burros estão sempre presentes, por caminhos antigos, encruzilhadas, lameiros para dormir a sesta e largos no centro das aldeias para os arraiais que acontecem pela noite dentro.
Os objectivos centrais desta edição seguem a linha das anteriores: a divulgação da música tradicional, da língua mirandesa, da raça autóctone o Burro Mirandês, da gastronomia e de jogos e danças tradicionais.
Este ano celebram-se também os 10 anos do grupo de música tradicional mirandesa Galandum Galundaina.
Outra das novidades é que ao longo dos 4 dias que dura o evento, haverá vários concertos de grupos musicais: Pé na Terra, Tear de llerena, Sebastião Antunes Trio, Galandum Galundaina, Ginga e Toques do Caramulo, acompanhados pela projecção de filmes e documentários, oficinas de danças mistas e de pauliteiros, oficinas de instrumentos mirandeses - e claro, o passeio pelas aldeias de Miranda do Douro. Esta iniciativa procura seguir os parâmetros do Turismo Sustentável e é organizada pela Galandum Galundaina Associação Cultural e a Associação para o Estudo e protecção do Gado Asinino - AEPGA. Mais informações, programa e inscrições: burroegaiteiro@gmail.com

Música Tradicional em Santulhão
No próximo dia 14 de Agosto decorre, em Santulhão - Vimioso, a VI Edição do Festival de Música Tradicional, organizada pela Associação Melhoramentos Santulhana. Para além dos concertos, esta edição conta com várias actividades durante o dia; por volta das 17:00h decorre, no Salão de Festas da Junta de Freguesia, uma Oficina de Danças Tradicionais Europeias orientada pela Prof. Margarida Prieto (Monte Lunai). O fim da tarde será animado pelos Gaiteiros de Serapicos, que farão uma ronda pela aldeia por volta das 20:00h. Os concertos começam às 22:00 h no Recinto de Festas de Santulhão, contando com a presença de bandas como Ranchada (Santulhão, Portugal), Paddy B & Celtic Express, Tradere (Espanha) e Monte Lunai (Portugal). A entrada é livre.

Celtirock em Montalegre
De 28 a 30 Julho celebra-se a terceira edição do festival Celtirock, em Montalegre. Este festival incluirá concertos de vários grupos, a começar no dia 28, com os Gaiteiros da Espiral, Ginga e Los Ninõs de los Ojos Rojos (Espanha), no dia 29, Celtic Express (Alemanha), Mu, Dragan Dautovski Quartet (Macedónia) e no dia 30, Gaiteiros de Pitões e Sons da Suévia.

Iberfolk no Sabugal
A vila do Sabugal recebe entre os dia 27 a 30 de Julho o Festival de Musica e Tradições do Alto Côa. Para além de animação de rua, workshops de danças europeias e adufe, salienta-se o festival de Acordeão e Realejo e os concertos das bandas Chuchurumel, Diabo a Sete, Galandum Galandaina, Fol&Ar, Toque De Caixa e Dazkarieh (Portugal), Castilla & Leon Tradere (Espanha) e Parasol (França).

Gaiteiros de Lisboa no Porto

Os ritmos populares dos Gaiteiros de Lisboa podem ser pela primeira vez ouvidos, sábado, dia 22, na Casa da Música (Porto), onde o grupo apresenta o seu mais recente trabalho "Sátiro". Editado em 2004, "Sátiro" é o quinto registo de originais do grupo e integra novos instrumentos como os enormes flautões e o sanfonocello, além de um maior número de instrumentos de sopro, percussões, bombos, adufões e fortes harmonias vocais inspiradas na tradição popular. Formado por Carlos Guerreiro, José Manuel David, José Salgueiro, Pedro Calado, Paulo Marinho, Pedro Casaes e Rui Vaz, o grupo foi fundado há 15 anos e entre os trabalhos editados destacam-se "Macaréu" (2002), "Dança Chamas" (2000), "Bocas do Inferno" (1997) e "Invasões Bárbaras" (1995). (fonte: Lusa)


Festa Trad no Museu de Arqueologia
No dia 20 de Maio, o Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa, continua a festejar o Dia dos Museus (18 de Maio) com um programa dedicado quase inteiramente ao universo da música tradicional. Para lá das visitas guiadas ao Museu, reconstituições históricas e diversas actividades, haverá espaço para muita música. Assim, o dia 20 começa com a actuação de Cantos e Danças Tradicionais Moldavos (do Centro Cultural Moldavo), o projecto "Notas e Voltas", o grupo coral alentejano Liga dos Amigos da Mina de São Domingos e os Tocá Rufar, acompanhados pelos alunos do 2º ano da Escola de Gaitas da Associação Gaita-de-foles - tudo na tarde de dia 20 (a partir das 17h). À noite, a partir das 21h, actuam os portuenses Comvinha Tradicional. Mais tarde, há baile de danças populares portuguesas e europeias com os Dançarilhos, às 22H30. No dia 21, Domingo, o dia começa às 11h00, com uma Arruada em Belém, com as Gaitas dos alunos da Associação Gaita-de-foles, acompanhados pelo gaiteiro Joaquim Roque (Torres Vedras). Depois é a vez das percussões, com os Finka-pé (Batuque Cabo-Verdiano) e as Tucanas. A partir das 14h30, surgem as Danças e Musica Clássica da Índia (da Comunidade Hindu de Portugal) e a presença do grupo Noses com Vozes e as Lavadeiras da Ribeira da Lage. O programa culmina com a actuação dos Dazkarieh, a partir das 19:00 horas, a que se segue o encerramento, com Música de Câmara - Quarteto Orquestra Sinfónica Juvenil.

Gaitas nas Caldas
Durante os próximos dias 18 e 22 de Maio, vão decorrer, nas Caldas da Rainha, duas acções de formação inicial em Gaita-de-fole organizadas pela Associação Gaita-de-Foles. Ambas terão lugar na ESAD (Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha), no âmbito da disciplina de Educação Musical. A oficina de iniciação incluirá aspectos teóricos e práticos do instrumento: as suas origens, distribuição e diversidade, as características deste instrumento em vários contextos culturais e claro, algumas noções da sua História, presença e características em Portugal. As aulas práticas incluirão noções de respiração, postura, teoria musical, alguns exercícios práticos e repertório diverso, com o objectivo de dar a conhecer este instrumento a públicos diversificados.


III Encontro Regional de Gaiteiros da Pena
Decorrerá no dia 7 de Maio, Domingo, a terceira edição do Encontro Regional de Gaiteiros da Pena, uma iniciativa promovida pelo Centro Cultural e Recreativo da Pena, contando com o apoio do Município de Cantanhede e da Junta de Freguesia de Portunhos, que reúne alguns grupos de gaiteiros oriundos do centro do país. O número de grupos convidados atesta a vitalidade dessas práticas musicais na região: Os Três de Portugal - Pena, Cantanhede; Os Novos Farristas - Espinheiro, Mealhada; Os Amigos da Ramboia - Barcouço, Mealhada; Chico Gaiteiro - Travassô, Mealhada; Os Três Amigos - Cabouco, Miranda do Corvo; Os Novos Gaiteiros - Fornos, Cantanhede; Os Carriços - Quinta do Valongo; Os Boinas Pretas - Ribeira de Frades, Coimbra; Popularis - Espairo, Anadia; Ferreira e Filhos - Grada, Barcouço; O Gaiteiro de Chelo - Carvalheiras, Mealhada; Os Carolas - Ourentã, Cantanhede; Os Novos Gaiteiros de Espinho - Espinho, Miranda do Corvo; Pauliteiros de Miranda do Douro. A animação começa de manhã cedo, com uma Arruada pelas ruas da Pena, às 10 horas, seguida de várias actuações ao longo da localidade e terminando com um concerto com todos os grupos participantes, no final da tarde, a partir das 18:30.




Tocar de Ouvido - Encontro de Tocadores
De dia 29 de Abril a 1 de Maio, Évora recebe o Tocar de Ouvido - Encontro de Tocadores Tradicionais. Este evento reúne tocadores de várias gerações, para três dias de aprendizagem de vários instrumentos de música tradicional: Canto, Concertina, Flauta de Tamborileiro, Gaita-de-fole, Percussões e Viola
da Terra. O Encontro visa uma passagem directa daquilo que são músicas
tradicionais e técnicas instrumentais contidas nos repertórios dos tocadores mais antigos, para músicos mais novos - que possam de alguma maneira dar continuidade àquilo que são as tradições musicais das várias regiões e instrumentos. Para tal, cada oficina conta com a presença de um Tocador tradicional, um músico que transmite não só as técnicas de execução, mas também a sua experiência e história de vida, bem como o conhecimento dos contextos da tradição. Para além das oficinas, o programa deste evento inclui muito mais actividades: uma Feira de Construtores de Instrumentos, Encontros-baile nocturnos, Palestras, Exposições e ainda Oficinas para crianças. Tudo isto decorrerá no interior da cidade de Évora, no recém inaugurado Espaço Celeiros. O Tocar de Ouvido é organizado em parceria pelas associações Pédexumbo, Gaita-de-foles e D'Orfeu, com a participação especial da Asociación Cultural de Tamborileros Norte de Extremadura Santiago Bejar (Espanha).

Todas as informações e pré-inscrições on-line estão disponíveis, aqui.


Pauliteiros e Gaiteiros em Carrazeda de Ansiães
Enquadrado na III Mostra de Produtos e Sabores Regionais Transmontanos e Durienses, vai realizar-se no próximo Sábado dia 8 de Abril, em Carrazeda de Ansiães, um encontro de gaiteiros organizado pela Escola Profissional de Ansiães. A ocasião servirá também para o baptismo dos Pauliteiros de Santa Catarina, de Miranda do Douro. Ao longo do dia haverá tempo ainda para divulgar a gaita-de-fole mirandesa assim como recriar os bailes tradicionais transmontanos. Programa: 15h – Pauliteiros de Santa Catarina; 17h – Encontro de Gaiteiros; 21h30m – Serão com Gaiteiros e Baile. Mais informações, através do número 918811154 (Ricardo Almeida).

Oficina de Gaita de Foles
O projecto Gaiteirus.com está a organizar uma Oficina de Gaita-de-Foles, que tem como objectivo a instrução e sensibilização dos participantes para o instrumento, em duas vertentes. Na primeira, para iniciados, os participantes adquirem as noções básicas de Gaita-de-fole, com as quais poderão vir a conhecer outros instrumentos do género ou prosseguir um estudo mais aprofundado, aperfeiçoando as suas capacidades. A segunda, para aqueles que já sabem manejar o instrumento e pretendem aperfeiçoar os seus conhecimentos. O orientador desta oficina é o músico Ricardo Coelho. Fez a sua auto-aprendizagem em Gaita-de-foles, tendo sido acompanhado pela professora galega, Maria Xosé Lopez. Ao longo da sua carreira musical tem-se envolvido com diversos grupos musicais com estilos contrastantes como os Arrefole, ou os Gaia. Actualmente participa nos grupos Lúmen , Pé na Terra e Gaiteirus. Fundou e dirige o projecto Gaiteirus.com, que tem como propósito a divulgação do instrumento Gaita-de-Foles em Portugal. Nº de sessões: 10 - Dia e hora: Segundas-feiras, das 19h00 às 20h30. Início: 17 de Abril / Final: 26 Junho; Valor: 60€.
Inscrições: contagiarte@netcabo.pt ou ricardo.coelho@gaiteirus.com
Tel/Fax: 222 000 682 ou Telem: 962 568 471 Endereço: Rua Álvares Cabral, 372. 4050-040 Porto.


Um Mundo de Gaitas no ISA
Depois da Faculdade de Letras de Lisboa, a Exposição "Um Mundo de Gaitas" estará patente no Salão Nobre do Instituto Superior de Agronomia, na Tapada da Ajuda (Lisboa), de 3 a 7 de Abril. Esta exposição dará destaque às gaitas-de-fole portuguesas, com exemplares autênticos destas e de outras gaitas-de-fole de todo o Mundo, como a Gaita Transmontana (Portugal), Kaba Gaida (Bulgária), Mezoued (Tunísia), Great Highland Bagpipe (Escócia), Säckpipa (Suécia), etc. Em exposição estarão também vários materiais e ferramentas usados na construção de gaitas-de-fole.
O objectivo é fazer descobrir a diversidade do instrumento, bem como os seus segredos técnicos, a sua história e os testemunhos antigos que percorrem a cultura portuguesa e universal, na música, iconografia e tradições locais. A exposição, organizada pela Associação Gaita-de-foles, permite ainda conhecer uma parte do trabalho de investigação, ensino e recuperação do instrumento levado a cabo no seio desta instituição.
A exposição "Um Mundo de Gaitas" culminará no dia 6 de Abril, quinta-feira, às 18:30, com um Concerto Pedagógico, que incluirá a actuação de alguns alunos da Escola de Gaitas e a demonstração ao vivo de vários exemplares de gaitas-de-fole de todo o Mundo, com comentários e projecção de imagens temáticas. Saber Mais »

Sete Anos? Parece Mentira!
A Associação Gaita-de-foles comemora 7 anos de vida
No dia 1 de Abril, a Associação Gaita-de-foles reunirá os sócios e amigos para celebrar o seu sétimo aniversário. Comemoram-se Sete Anos de muito trabalho, descoberta e memórias do instrumento que motivou o surgimento da Associação: a Gaita-de-fole e os seus Gaiteiros.
Desde o seu início como projecto colectivo que a Associação Gaita-de-foles uniu pessoas interessadas pelo universo musical deste instrumento, não só de Portugal, mas também um pouco de todo o Mundo.
Juntou gaiteiros de todo o país, novos e velhos, deu a conhecer instrumentos e tocadores quase esquecidos e continua a formar novos gaiteiros, todos os anos, graças ao trabalho entusiástico das pessoas que a constituem - as que estão presentes desde o início e outras que se juntaram a este projecto em anos recentes.
A festa de aniversário incluirá um almoço-convívio, entre outras actividades, e terá lugar no Auditório do Grupo Cultural do BES, em Santos, Lisboa.
O almoço-convívio está marcado para as 13h00 (a inscrição são 12 euros e este valor inclui a totalidade do almoço).
Obviamente, a música será constante, com a presença de todos quantos quiserem participar neste evento. Sete Anos de Caminho »
Todos aqueles que quiserem confirmar a sua presença ou obter mais informações, terão de fazê-lo até ao dia 27 de Março, através dos seguintes contactos:
Inês Gonçalves (962915892 -
ineis2000@netvisao.pt)
Associação Gaita-de-foles (931196995 -
contacto@gaitadefoles.net).
Auditório do Grupo Cultural do BES: Rua D. Luís I, n.º 27
(próximo da Av. 24 de Julho).


Palheta Maldita: Oficina de Afinação de Gaita
Nos dias 8 e 9 de Abril de 2006, a Associação Gaita-de-foles organiza uma Oficina de Afinação de Gaita, com a presença do formador Sito Carracedo (Galiza).
O prazo da 1ª fase da pré-inscrição termina no dia 24 de Março e já há poucas vagas disponíveis.
Sito Carracedo é um gaiteiro e artesão galego, com um percurso multifacetado, quase sempre dedicado à pesquisa e aperfeiçoamento de técnicas de afinação e construção de instrumentos - sobretudo, de gaitas-de-fole. O seu trabalho mais conhecido é o livro "Palheta Maldita - Livro Técnico de Afinação de Gaita". A Oficina destina-se a todos os Gaiteiros interessados em aprofundar os seus conhecimentos sobre a afinação da Gaita-de-fole, algo fundamental para quem toca este instrumento e que exige muita experiência, perícia e conhecimentos práticos. Uma oportunidade imperdível para todos aqueles que, com mais ou menos experiência, querem aprender um pouco mais sobre a afinação das "malditas" palhetas da Gaita-de-fole: como se afina uma palheta, como funciona, truques de manutenção e afinação, materiais indispensáveis, etc.

Todas as informações, horário, condições e pré-inscrição on-line

Festa Gaiteira, no Kilombo
No próximo dia 25 de Março, a Associação Juvenil Trupe Boomerang organizará um convívio de gaiteiros, no Kilombo, em Lisboa. Esta festa pretende juntar gaiteiros provenientes de várias agrupações da área metropolitana de Lisboa: Associação Gaita-de-foles, Bardoada, Casa Pia, Xuventude de Galiza, Anaquinhos da Terra e Roncos do Diabo, entre outros.
O objectivo é prestar um tributo ao instrumento, conhecer e aproximar novos e velhos gaiteiros, aproveitando a ocasião para reunir várias instituições que desenvolvem objectivos semelhantes. O convívio, a ter início às 10h00, com um workshop de afinação em conjunto, incluirá almoço e petiscada (10 + 5 euros) que terá lugar à tarde. Depois seguir-se-ão as demonstrações de vários grupos e solistas, pela noite dentro. O Kilombo está situado na Avenida Gomes Pereira, nº 11, em Benfica. Associação Juvenil Trupe Boomerang: 914884350 / 963527196.

Mandrágora vence Prémio Carlos Paredes 2005
O pianista Bernardo Sassetti e os Mandrágora são os vencedores da edição 2005 do prémio Carlos Paredes, atribuído pela Câmara Municipal de Vila
Franca de Xira. O pianista foi distinguido pela edição de "Ascent" e a banda folk portuense ganhou o prémio ex-aequo pelo seu disco de estreia,
"Mandrágora". A entrega dos prémios realiza-se no dia 8 de Abril.
Mandrágora é um grupo de jovens músicos do Porto que tem progressivamente vindo a crescer no panorama da folk portuguesa. Destaca-se pela criatividade das suas composições originais, que evocam a tradição musical portuguesa, exploram o encontro com outras culturas e deixam ainda transparecer uma grande diversidade de influências da música moderna. Os Mandrágora são Filipa Santos, Ricardo Lopes, Pedro Viana, Luís Martinho e Sérgio Calisto.
Mais em http://mandragora.do.sapo.pt

Atelier de Instrumentos Musicais Tradicionais Portugueses
A Fundação Eça de Queiroz organiza um Atelier de Instrumentos Musicais Tradicionais Portugueses, para as visitas escolares à Casa de Tormes –
sede da Fundação Eça de Queiroz. Esta iniciativa é direccionada primordialmente aos alunos do 1º, 2º e 3º ciclo do ensino básico, sendo convidadas as escolas da região. O atelier de instrumentos musicais tradicionais portugueses é composto por uma mostra de instrumentos, (rabeca chuleira, cavaquinho, viola amarantina, viola braguesa, gaita-de-fole, flauta pastoril, tamboril e caixa de rufo, entre outros) num espaço aberto à participação dos alunos, à experimentação e improvisação musical. Para além da abordagem a técnicas interpretativas particulares de cada instrumento, são realçados alguns aspectos históricos e sociais, tendo em conta, nomeadamente, a região em particular de onde provêm os elementos do grupo participante. Para mais informações: www.feq.pt

III Edição do passeio de burros “Por Tierras de L' Rei”
A AEPGA inicia o calendário de actividades com a III Edição do passeio de burros “Por Tierras de L' Rei” que se irá realizar entre 7 e 9 de Abril. O
passeio terá início em Algoso, passará por diversas aldeias dos concelhos de Miranda do Douro, Vimioso e Mogadouro e terminará ao som da música
do grupo Dazkarieh (www.dazkarieh.com) na aldeia de Atenor.
A A.E.P.G.A. - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino é uma associação sem fins lucrativos que tem por objectivo a protecção e
promoção do gado asinino, em particular a raça autóctone de Asininos das Terras de Miranda. Esta associação reúne criadores e admiradores deste
gado e contribui para a criação e melhoramento de um conjunto de animais de características semelhantes que ainda sobrevive no planalto Mirandês
e que representa a população actual da primeira raça autóctone de asininos de Portugal. Os interessados devem enviar a ficha de inscrição por via
postal ou via e-mail até dia 31 de Março com as opções de participação pretendidas (alojamento). Toda a informação disponível pode ser consultada no site da Associação em www.aepga.pt

Aran: "Galéire"
O grupo galego Aran é um dos muitos grupos galegos recentes que surgiram na Galiza e cuja música revela muitas influências da música
irlando-escocesa, cruzada com a raíz galega dos seus músicos. Nos últimos meses, os Aran têm promovido o seu novo álbum, "Galéire", que como o
nome indica, junta duas influências principais: a Galiza e a Irlanda ("Éire", em Irlandês). Ao contrário de outros grupos galegos com a mesma orientação, os Aran assumem frontalmente essa opção e reconhecem a influência irlandesa nos seus arranjos e composições, com consciência clara do valor das respectivas tradições musicais. Apesar de grupos com esta formação e influência já não serem uma novidade, tanto na Galiza, como nas Astúrias (e até, mais recentemente, em Portugal), os cinco músicos que o constituem são reconhecidamente virtuosos e já passaram por projectos e colaborações de peso; Ultreia, Carlos Nuñez, Susana Seivane, Matto Congrio, Mudzik, Faltriqueira, Uxia Senlle, etc - o que pode garantir algumas surpresas neste trabalho. Os Aran são: Álvaro Iglesias (Contrabaixo), Harry Price (Violino), Antón Davila (Gaita Galega e Uilleann Pipe), Xosé Liz (Bouzouki) e Suso Alonso (Percussões). Para saber mais: www.arangalicia.com


Gaita-de-foles, em Felgueiras

Numa iniciativa conjunta de várias entidades do concelho de Felgueiras - Associação para o Desenvolvimento Social de Margaride, Associação Salta Fronteiras, Junta de Freguesia de Pedreira / N.E.P.I.A / Ares – Jugueiros e Rádio Felgueiras - realizar-se-ão no próximo Domingo, dia 12 de Março, três sessões de divulgação da gaita-de-foles no concelho de Felgueiras.
As sessões terão lugar em Margaride (10h00 – Auditório Da Confraria De Sta. Quitéria); Pedreira (14h30 - Salão Paroquial) e Jugueiros (16h30 - Salão Paroquial). Estas sessões, orientadas por Napoleão Ribeiro e Ricardo Coelho, abordarão temáticas relativas à universalização do instrumento enquanto instrumento popular de variadíssimas regiões e países - inclusive no território português. Simultaneamente, serão interpretados temas em gaita galega, gaita transmontana e smallpipe, com percussão de Tiago Soares e Cristina Castro.

Frágil : "Dia Internacional da Celina"
Na próxima quarta-feira, dia 8 de Março (Dia Internacional da Mulher), a partir das 23:30 horas, o Frágil, em Lisboa, recebe a acordeonista Celina da Piedade. Os seus convidados são os Dazkarieh, Rodrigo Leão, o DJ Gonçalo Siopa, entre muitos outros músicos e amigos.
Este é um concerto de solidariedade, que se destina a angariar fundos para uma dispendiosa operação, uma cirurgia bariátrica, que custa 10.000 euros. Iniciativas anteriores já conseguiram angariar perto de 2500 euros (um quarto do total necessário). Todos os bilhetes vendidos reverterão na íntegra para esta cirurgia; os bilhetes custam apenas 5 euros e poderão ser trocados no bar por uma saborosíssima cerveja Grolsch de pressão. Tudo para ajudar uma grande mulher a ficar mais pequenina (só por fora, claro!) - e a melhorar substancialmente a sua qualidade de vida.

Tertúlias de Música Tradicional, no Cefalópode

O Sítio do Cefalópode, em Lisboa, continua o seu ciclo de tertúlias sobre a música tradicional. No dia 1 de Março, a partir das 22:00 horas, o tema é a Construção de Instrumentos Tradicionais (das gaitas-de-fole aos cordofones). Os convidados são dois artesãos sobejamente conhecidos: Victor Félix e Mário Estanislau. Em cada tertúlia, alguns convidados apresentarão ideias, relatos, experiências provenientes da sua experiência pessoal que a todos interessa conhecer. A proximidade entre os presentes permitirá a apresentação de questões e consequente resposta, o debate, a partilha real de saberes que a vida permite e o cérebro guardou. Além da saudável discussão de ideias e experiências, poderemos ouvir recolhas acompanhadas pela narração de quem as fez, exemplificar técnicas vocais ou instrumentais por quem as estudou e desenvolveu, beber um pouco da experiência de quem tanto da sua existência dedicou à música tradicional, presenciar o seu desenvolvimento e abrir os campos de visão. A entrada é livre.
Sítio do Cefalópode - Largo do Contador-Mor 4B Lisboa (ao Castelo). www.cefalopode.com


Porto: Música "Folk" e Cordofones, na Casa da Música


Galandum Galundaina

A Casa da Música, no Porto, vai receber nos dias 3 e 4 de Fevereiro, vários concertos de grupos de música "Folk" e um seminário sobre a construção de instrumentos de corda, pelo famoso luthier Domingos Capela. Assim, no dia 3, Sexta-feira, os Mandrágora e a Orquestrinha do Terror actuarão na sala 2, a partir das 23:00 horas. 
No Sábado, a partir das 17:00, tem início

o seminário com o luthier Capela; herdeiro directo da arte de seu pai, o internacionalmente reconhecido luthier Domingos Ferreira Capela, Joaquim Domingos Capela construiu o seu primeiro violino aos 9 anos de idade, tendo começado o trabalho de aprendiz na oficina de seu pai cerca de dois anos antes. Esta é uma oportunidade a não perder para todos os interessados na construção de instrumentos musicais. À noite, a partir das 23:00 horas, a Sala 1 recebe os grupos Galandum Galundaina e Frei-fado D'el Rei. A Casa da Música, inaugurada em 2005, recebe para além destes concertos, muitas outras actividades, relacionadas com todos os géneros musicais: da música clássica à electrónica, do jazz ao fado, da grande produção internacional ao pequeno projecto experimental.
Mais informações: www.casadamusica.com

Oficina: Metodologia de ensaio para consort de flautas
A Academia de Música Antiga de Lisboa vai promover uma Oficina de metodologia de ensaio para consort de flautas, dirigida por Pedro Sousa e Silva, nos dias 26 de Março, 8 e 22 de Abril, 20 de Maio e 10 de Junho.
A oficina destina-se a flautistas de nível médio e avançado, interessados em aprofundar os seus conhecimentos e experiência no âmbito da prática 
musical em consort de flautas. Os participantes podem-se inscrever nas 5 sessões ou em cada sessão individualmente. Para um melhor 
funcionamento do curso, será dada prioridade no preenchimento das vagas a participantes que se inscrevam nas 5 sessões.
Horário: Domingo, 26 Março : 10.00h - 13.00h; Sábado, 8 e 22 Abril : 15.00h - 18.00h; Sábado, 20 Maio: 15.00h - 18.00h; Sábado, 10 Junho: 
15.00h - 18.00h. A data limite de inscrição é o dia 20 de Março - Preços: Curso completo: 60 euros; Cada sessão: 20 euros.
A Academia de Música Antiga de Lisboa está situada na Rua Abílio Lopes do Rego, 8, 1200-601 Lisboa.

Meninos Cantores - um património para o futuro
A candidatura recente da cultura Galego-Portuguesa a património imaterial da Humanidade, da UNESCO, gerou diversas iniciativas destinadas a apoiar essa candidatura, que envolveram várias instituições em Portugal e na Galiza. Uma dessas iniciativas envolveu escolas e crianças dos dois países: os Meninos Cantores. Agora, esse projecto está registado e disponível em Livro-Disco (Livro, CD e DVD).
Meninos Cantores é um trabalho com o património musical galego-português, abordado por crianças, jovens, professores, músicos e artistas galegos e portugueses. Trata-se dum processo de criação, recriação e abordagem da tradição musical levada às escolas e transmitida a partir das aulas de escolas portuguesas e galegas. 
A partir duma escolha de temas, músicos das duas margens do Minho colaboraram nos arranjos e nas adaptações. O ponto mais alto deste trabalho devia ser um tema que pudesse ser interpretado por todos os participantes. A cantora galega Uxía Senlle encarregou-se de compor uma letra que sintetiza o espírito de Meninos Cantores: Mais Perto, tema que tem música de Segundo Grandío e que mostra os ecos da língua galego-portuguesa nas vozes dos meninos portugueses e galegos.
O Livro tem 98 páginas a cor com letras, textos, desenhos e fotografias, o CD tem 28 temas musicais, com pistas interactivas e o DVD contém um 
documentário de 60 minutos ("como se fez"), o documentário “Um Património para o Futuro” de 60 min., mais 17 vídeo-clips e karaoke. 
Este projecto contou com as colaborações de Suso de Toro e Uxía Senlle e está disponível em galego-português, castelhano e inglês.
Mais informações

Luar na Lubre: Saudade - em Portugal
O grupo galego Luar na Lubre lançou um novo disco, "Saudade", um disco de homenagem à diáspora galega, às saudades da terra e à emigração na América Latina, que ainda hoje marca fortemente a cultura Galega.
Luar na Lubre apresenta neste disco a sua grande novidade: a voz da sua nova vocalista, Sara Vidal, cantora portuguesa nascida na Nazaré e que 
tem acompanhado há muito o percurso do grupo. O repertório inclui poemas de Garcia Lorca em galego, dedicados à cidade de Buenos Aires, poemas de autores galegos exilados na emigração, pandeiradas dedicadas ao Che Guevara a partir da Venezuela, temas que falam de nostalgia, desterros e saudades. Este disco conta ainda com a participação de Pablo Milanês (Cuba), Lila Downs (México), Cida Airam (Brasil), Farruco Sesto (Venezuela) e Adriana Varela (Argentina). Treze temas, gravados na Corunha e misturados em Bruxelas, compostos a pensar na nostalgia, na saudade e na história próxima da diáspora galega e portuguesa. A edição do disco em Portugal está a cargo da Warner Music Portugal, estando disponível no mercado português desde o dia 30 de Janeiro de 2006. Mais informações: www.luarnalubre.com


Desenhar a Música: Exposição
De 26 de Janeiro a 26 de Março de 2006 está patente a exposição “Desenhar a Música” no Museu da Música, centrada na obra de José Garcês – um dos mais conceituados autores portugueses de banda desenhada.
Esta exposição é constituída por 21 pranchas, medindo cada uma delas 80x50 cm e nas quais a arte se alia à pedagogia: tratam-se de pranchas desenhadas a tinta-da-china e coloridas, que recriam cenas tardo-medievais e do Renascimento, nas quais se vêem músicos a tocar vários instrumentos característicos da época – incluíndo gaitas-de-fole, trombetas, charamelas, órgãos, clavicórdios, alaúdes, sanfonas ou saltérios.
Uma vez que estes desenhos têm como base esculturas e iluminuras da época, trata-se então de uma recriação interessante de um conjunto de instrumentos antigos sobre os quais existem muitas dúvidas, discussões e teorias. O Museu da Música situa-se na Rua João de Freitas Branco (estação de metropolitano do Alto dos Moinhos, em Lisboa.
Todas as informações, aqui


F
aleceu Almerindo Hernâni - "Nani"
Faleceu no passado dia 23 de Janeiro, Almerindo Hernâni, de Santo Tirso. Com 42 anos de idade, vítima de um inesperado ataque cardíaco, "Nani", como era carinhosamente conhecido pelos amigos, foi a sepultar no cemitério de Santiago da Carreira, na Quarta-feira 25 de Janeiro. A missa de 7º dia realiza-se no próximo Sábado, às 18 horas, na igreja paroquial da mesma freguesia. "Nani" era uma presença habitual nos festivais de música "trad" e era sobretudo um bom amigo, que acompanhava com muito interesse o trabalho da Associação Gaita-de-foles, com a qual partilhava a paixão pelos instrumentos da música tradicional.
As condolências a todos os seus amigos e familiares por parte da Associação Gaita-de-foles.


Cefalópode: Tertúlias sobre Música Tradicional
Dia 25 de Janeiro, quarta-feira, pelas 22:00 horas, realiza-se a primeira Tertúlia sobre Música Tradicional no Sítio do Cefalópode. Esta série de tertúlias terá lugar neste espaço na última quarta-feira de cada mês, contando esta primeira com a presença de José Manuel David e Rui Vaz – elementos dos Gaiteiros de Lisboa. O Sítio do Cefalópode situa-se na Rua do Contador-Mor 4B ao Castelo (junto ao Castelo de S. Jorge, em Lisboa).
Para mais informações: www.cefalopode.com

Miranda do Douro invade Lisboa
Nos dias 28 e 29 de Janeiro, Sábado e Domingo, a EGEAC e a Associação Sete Sóis Sete Luas em colaboração com a Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino promovem, em Lisboa, uma arruada composta por pauliteiros e gaiteiros de Miranda do Douro, assim como um curso de iniciação à língua mirandesa. Ambos os eventos têm como propósito assinalar o fim da exposição “Hardware + Software = Burros”, de autoria do fotógrafo italiano Oliviero Toscani, que pode ser visitada até dia 30 de Janeiro.
A arruada realiza-se dia 28 a partir das 14:00h e tem início no Castelo de S. Jorge, de onde saem os gaiteiros e os pauliteiros "escoltados" por 6 burros mirandeses. Tanto o percurso de ida como o de volta ao Castelo serão pontuados por várias actuações, que terão lugar em alguns pontos da parte antiga da cidade de Lisboa: Igreja de Sto. António, Rua Augusta, Pastelaria Suíça – Rossio – e Brasileira do Chiado - Chiado (percurso de ida); Rua do Carmo, Rossio e Rua Augusta (percurso de volta). O regresso ao castelo de S. Jorge está previsto para as 17:30h. Dia 29, Domingo, o grupo volta a actuar no Castelo de S. Jorge entre as 10:30h e as 12:00h.
O curso de iniciação à língua mirandesa vai ser ministrado na Sala Ogival do Castelo de S. Jorge, entre as 15:00h e as 17:00h dos dias 28 e 29, pelo Professor Amadeu Ferreira – docente na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e um dos mais conhecidos estudiosos da língua mirandesa. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do 21 880 06 20; limite de participantes: 30.


"Um Mundo de Gaitas" na Faculdade de Letras
De 10 a 16 de Janeiro, uma parte da exposição "Um Mundo de Gaitas", estará montada no átrio de entrada da Biblioteca da Faculdade de Letras, na Cidade Universitária. Esta exposição dará destaque às gaitas-de-fole portuguesas, com exemplares autênticos destas e de outras gaitas-de-fole de todo o Mundo.
O objectivo é fazer descobrir a sua diversidade, bem como os seus segredos técnicos, a sua história e os testemunhos antigos que percorrem a cultura portuguesa e universal do instrumento, na música, iconografia e tradições locais. A exposição, organizada pela Associação Gaita-de-foles, permite ainda conhecer uma parte do trabalho de investigação, ensino e recuperação do instrumento levado a cabo por esta instituição.
A exposição "Um Mundo de Gaitas" culminará na Segunda-feira, dia 16, com a actuação de alguns alunos da Escola de Gaitas, a partir das 19:00 horas.
Para saber mais sobre o universo deste instrumento, visite "Um Mundo de Gaitas"...

 

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de F. | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados